Saturday, January 13, 2007

Corujamente possível

Às vezes a gente pensa que não merece o que é de mais bonito. Tem até vezes que a gente acha que nada de belo pode nascer da gente. Tem vezes que o mais inteligente é o do vizinho.

E da mesma maneira, tem vezes que a gente se acha o mais abençoado. Tem vezes que a gente se sente o mais sortudo. A gente se convence de que a mistura de dois resulta na pura beleza, na inocência, nos seres mais belamente inexplicáveis do mundo. E é assim que sempre me sinto. Duas filhas cuja beleza é indescritível, cuja inteligência é indiscutível e cujo pai é o mais corujamente possível.

É isso ai...amor é inexplicável. E quem tenha coração para entender, que entenda!

8 comments:

Bel said...

Eu enteeeendooooo permeitamente!!!
E acho que elas também entendem que - apesar da corujisse - o pai fala a verdade!!!
São lindas, sim... só tem uma que é mais do que elas... Sabe quem é, né? Pois então... cabei de deixá-la lá... e tô aqui podre de saudade!!!

Lilian Paula said...

Tuas filhotas são lindas e de beleza bem distintas...

Rmfc said...

Eu tb entendo e sou tao coruja ou mais q vc viu!!! eheheh

Amália said...

oooow minha priminhas lindas...
ai manda mais fotos pra mim...
e que maio chegue voando hehehe
bjinhos

Camila said...

Perfeitamente "entendível".
O amor tem disso!!!

Tem alguém aqui tão sumido qto eu!!!

Bjo João

Paloma said...

São lindas, de fato.

Até mais ver.

honey said...

perfeitamente "curujável"
rssss

hey, saudades daqui

tigresse said...

que lindo ^^pena que alguns corações não sintam.

abraço =)